Category Archives: destaque

Convívio da equipa da BECRE

Equipa de colaboradores No dia 8 de junho a equipa da BECRE reuniu na biblioteca da escola sede do agrupamento, a fim de fazer um balanço do ano letivo. Estiveram presentes as professoras colaboradoras Adelaide Saraiva, Ana Marques Guedes, Filomena  Marques, Lurdes Ruivo a assistente operacional Isabel Cristo e os alunos voluntários Ana Andrade e Gustavo Carvalho. O Coordenador das BE do Agrupamento agradeceu o trabalho e empenhamento com que todos os colaboradores realizaram as suas tarefas nomeadamente à equipa de seis alunos voluntários que desde janeiro constituíram uma mais valia no serviço que a biblioteca presta à comunidade escolar. Entrega de certificadosDurante o encontro foram entregues os certificados aos dois alunos presentes. A reunião terminou com um pequeno convívio à volta de uma recheada mesa decorada com as cores e aromas da quadra dos santos populares.

majerico

Anúncios

Natal na Literatura Portuguesa

1. Desde os cancioneiros medievais até nos movimentos das primeiras décadas do século XX, passando por Camões e os grandes escritores de Oitocentos, para culminar na agónica singularidade de José Régio e Miguel Torga, o Natal foi tema maior da literatura portuguesa – expandindo-se da poesia lírica e do teatro para os vários géneros da ficção narrativa (com compreensível evidenciação do conto) e recebendo modulações muito diversas, a partir da piedade originária.
Aparentemente, tal quadro de frequência e perspectiva não desapareceu na literatura contemporânea. De facto, em contraste com a declinante atracção que nos últimos decénios se vem manifestando em relação à Páscoa, e sobretudo em relação ao seu alcance soteriológico e escatológico, é ainda com grande frequência que o Natal comparece como fecundo motivo na poesia e no conto, na crónica memorialista ou impressionista. Porém, são insofismáveis os indícios de que muitas vezes essa tematização do Natal visa propiciar efusões e efeitos de realização humana já desprendidos da religiosidade confessional, se não mesmo destítuidos do sentido do sagrado. No entanto, nem sempre ocorre essa desvinculação espiritual. Ler mais

O texto e a oração