Oeiras Internet Challenge Nacional

Oeiras Internet Challenge (OIC) é uma iniciativa promovida pelo Município de Oeiras, através das suas Bibliotecas Municipais, e consiste na realização de um torneio de pesquisa, seleção e avaliação de fontes de informação em linha. Dirigido à comunidade escolar do ensino secundário, visa o desenvolvimento de competências digitais e de literacia da informação. 
Nesta edição, realizada em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), o torneio em forma de quiz, com recurso ao software pedagógico Kahoot, é alargado a nível nacional.

São destinatárias todas as Bibliotecas Escolares integradas na RBE, através da participação de alunos do ensino secundário. Os conteúdos aos quais os participantes devem responder incidem sobre cultura geral, literacia digital, língua portuguesa e capitais europeias de cultura, em linha com a candidatura de Oeiras para 2027.  

Os três vencedores vão receber os seguintes prémios: 1.º voucher FNAC 500 euros; 2.º voucher FNAC 250 euros; 3.º voucher FNAC 100 euros. As Bibliotecas Escolares receberão também: 1.º voucher FNAC 300 euros; 2.º voucher FNAC 200 euros; 3.º voucher de 100 euros. Serão, ainda, oferecidos três vouchers Kobo aos Professores Bibliotecários.

As inscrições decorrem até 19 de março de 2021 em formulário próprio, disponível aqui
Consulte aqui as Normas de participação e o Cartaz. 

Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

No dia 27 de janeiro assinala-se o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto. Esta data recorda o dia 27 de janeiro de 1945 marcado pela libertação do campo de concentração de Auschwitz-Birkenau, na Polónia, palco de uma das mais hediondas barbáries vividas pela humanidade.

Ficheiros:
Dia internacional em memória das vítimas do Holocausto 2021

Refugiados e holocausto

Exposição

Veja “Plano de Transição Digital na Educação” no YouTube

Perfil do Professor Bibliotecário

Os professores bibliotecários asseguram na escola, o funcionamento e gestão das bibliotecas, as atividades de articulação com o currículo, de desenvolvimento das literacias e de formação de leitores.

Compete-lhes gerir as bibliotecas do agrupamento enquanto espaços agregadores de conhecimento, recursos diversificados e implicados na mudança das práticas educativas, no suporte às aprendizagens, no apoio ao currículo, no desenvolvimento da literacia da informação, tecnológica e digital, na formação de leitores críticos e na construção da cidadania. Compete-lhes, ainda, garantir serviços de biblioteca a todas as escolas do agrupamento.

Veja “Miguel Torga – Natal” no YouTube

Vídeo

Assinalar o Dia dos Direitos Humanos – 10 a 18 de dezembro de 2020

No âmbito do seu Plano de Atividades, a Biblioteca Escolar Centro de Recursos Educativos, tem vindo a assinalar o Dia Internacional dos Direitos Humanos com diversas atividades. Apesar das atuais contingências deixam-se aqui alguns materiais e recursos para reflexão ou dinamização nos contextos de sala de aula. A participação na conferência do dia 15 carece de inscrição prévia. Agradecemos que no espaço reservado aos comentários de cada atividade sejam registadas as turmas que a desenvolveram assim como o seu grau de satisfação. Qualquer esclarecimento pode ser dirigido ao professor António Padeira.

Made with Padlet

©BEA PAA 2020/2021 Efemérides

Mãos Solidárias 2020 – “A Força da Esperança” – #MaisSolidários

A Campanha Mãos Solidárias 2020, “A Força da Esperança” – #MaisSolidários, irá decorrer entre os dias 17 de novembro e 18 de dezembro.
À semelhança de anos anteriores, terá como principal objetivo ajudar as famílias dos alunos do nosso Agrupamento que neste momento passam por grandes privações. Esperamos sensibilizar-vos a ajudar a proporcionar um Natal mais feliz. A contribuição de cada um irá ser essencial para a constituição dos cabazes a entregar entre os dias 20 e 21 de dezembro.
Formas de participação:

  • A nível individual bastando para o efeito deixar na biblioteca a oferta dos produtos;
  • Pelas turmas: Os alunos delegados ajudaram os seus colegas a organizar a recolha dos diversos produtos de forma a encher 1 ou mais sacos que depois serão entregues na biblioteca da escola.
    Os sacos da campanha (oferta da loja Celeiro do CascaiShopping ) podem ser pedidos pelo delegado de turma na biblioteca da escola.
  • Simultaneamente e enquanto decorre a recolha dos produtos para os cabazes solidários, será sorteado um computador que se encontra em exposição na biblioteca da escola. Quem estiver interessado em se habilitar a este fabuloso prémio, pode adquirir uma ou mais rifas à venda na papelaria, na biblioteca e no PBX da escola. O sorteio será realizado no dia 17 de dezembro na biblioteca escolar sob a supervisão da equipa responsável pelo Projeto Mãos Solidárias.

Podemos fazer a diferença. A participação de todos é fundamental esta é a “Força da Esperança”-#MaisSolidários.

Todas as informações sobre a Campanha Mãos Solidárias poderão ser dadas pelo professor António Padeira na biblioteca escolar da escola sede do agrupamento, ou através do email biblioteca.essje@gmail.com.

O DIA DE S. MARTINHO: COMEMORAÇÕES E TRADIÇÕES

O São Martinho festeja-se numa época do ano marcada pela colheita da castanha (feita durante os meses de outubro, novembro e dezembro) por isso, é natural que ela seja convidada para fazer parte da festa! A castanha é chamada, na zona de Trás-os-Montes, o pão dos pobres. No entanto, há histórias que contam que a origem dos magustos está no Dia de Todos os Santos, 1 de novembro. Diz-se que se terá começado por preparar mesas com castanhas por altura de novembro para que os espíritos dos mortos da família aparecessem e as pudessem comer. Quando nasce, a castanha está protegida por uma “capa” cheia de picos – o chamado ouriço da castanha. Quando chega o outono, o ouriço abre-se e a castanha cai!(ler mais)

“Mas o fruto dos frutos, o único que ao mesmo tempo alimenta e simboliza, cai de umas árvores altas, imensas, centenárias, que, puras como vestais, parecem encarnar a virgindade da própria paisagem. Só em Novembro as agita a inquietação funda, dolorosa, que as faz lançar ao chão lágrimas que são ouriços. Abrindo-as, essas lágrimas eriçadas de espinhos deixam ver numa cama fofa a maravilha singular de que falo, tão desafectada que até no nome é doce e modesta – a castanha. Assada, no S. Martinho, serve de lastro à prova do vinho novo. Cozida, no Janeiro glacial, aquece as mãos e a boca dos pobres e ricos. Crua, engorda os porcos, com a vossa licença…”.

Miguel Torga, em “Um Reino Maravilhoso” (1941)

Tendo em conta a atual situação de pandemia, a Biblioteca Escolar não irá realizar o habitual Magusto, mas partilha as fotos da edição de 2019 com a promessa de voltar para o ano, Boas Leituras

 

©BEA PAA 2020/2021 Efemérides

Miúdos a Votos • 5.ª edição

Descrição
A Rede de Bibliotecas Escolares e a revista VISÃO Júnior organizam anualmente a eleição na qual é dada a possibilidade às crianças e jovens de todas as escolas, de votarem no livro de que mais gostam, replicando os procedimentos e as normas de uma eleição real. Esta iniciativa constitui um exercício ímpar de cidadania, valorizando a responsabilidade do ato de votar. Tem também vindo a evidenciar-se a importância desta ação na promoção da leitura, realizada entre pares, a partir das suas escolhas.

A partir do dia 2 de novembro e até às 23:59 do dia 30 de novembro, os alunos são convidados a nomear o seu livro preferido através deste formulário.

De acordo com o regulamento, cada aluno só pode fazer uma nomeação. Os livros mais nomeados em cada ciclo serão aqueles que constituirão o respetivo boletim de voto no dia das eleições-

Destinatários Alunos do 1.º ao 12.º ano, de todas as escolas que que tenham o Português como primeira língua.

Objetivos
1. Envolver os alunos em processos democráticos de decisão
2. Promover a participação dos alunos na promoção dos livros e da leitura

Regulamento

Calendário

Perguntas frequentes

Dia internacional da Biblioteca Escolar

No Dia Internacional da Biblioteca Escolar queremos convidar a visitar a tua biblioteca da escola e lê um livro. Podes leva-lo emprestado com toda a segurança. Usa a máscara, lê um livro. Sê feliz!