Prémio Nobel da Literatura 2019

O escritor, dramaturgo e argumentista austríaco Peter Handke (n. 1942) é o novo Nobel da Literatura, (…)

Considerado um dos mais importantes autores de teatro da geração pós-Samuel Beckett, o vencedor do Nobel da Literatura de 2019, Peter Handke, tem uma extensa obra bem mais difundida em Portugal, onde há décadas estão publicados volumes como Uma Breve Carta para Um Longo Adeus (Difel, 1972), A Mulher Canhota (Difel, 1986), A Angústia do Guarda-redes antes do Penalty (Relógio D’Água, 1987), Para Uma Abordagem da Fadiga (Difel, 1989), ou A Tarde de Um Escritor (1988), bem como a colectânea de peças Teatro (Plátano, 1975). Poema à Duração (Assírio & Alvim, 2002), Os Insensatos Estão a Extinguir-se (Alexandria, 2005), Numa Noite Escura Saí da Minha Casa Silenciosa (Casa das Letras, 2006) e Os Belos Dias de Aranjuez: Um Diálogo de Verão (Documenta, 2014) são outros títulos que tiveram edição portuguesa nos últimos anos.

Público

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s